Teologia Sistemática

Antropologia

1. Fale sobre a origem do homem.

O homem foi criado por Deus. Do pó da terra o formou e soprou nas suas narinas o fôlego de vida e ele se tornou alma vivente. Da costela do homem Deus criou a mulher.

Gn. 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.

Gn. 2:21 Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar;

2. Refute a Teoria da Evolução.

Segundo essa teoria, houve uma ascensão gradual e constante desde as formas inferiores da vida as formas mais elevadas até chegar ao homem. Essa teoria e antibíblica.

Gn. 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.

3. Explique a constituição do homem.

O homem é constituído de corpo, alma e espírito. O corpo é a parte material e a alma e o espírito é a parte imaterial.

1 Ts. 5:23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Hb. 4:12 Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

4. Em que sentido o homem é a imagem e semelhança de Deus?
Em caráter e personalidade.

Ec. 7:29 Eis que isto tão-somente achei: que Deus fez o homem reto, mas os homens buscaram muitos artifícios.

5. Quando o espírito humano vem à existência: na fecundação, ao nascer ou quando a criança toma consciência do bem e do mal?
Na fecundação.

Sl. 139:16 Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles.

6. O homem é um ser moral? Porque?

Sim. Ele é capaz de ser instruído nas verdades concernentes a Deus e a moralidade. É capaz de refletir sobre si próprio e arrazoar a respeito das causas das coisas.

7. Porque Deus submeteu o homem à provação.

Para aprová-lo, teria que prova-lo. Deus criou o homem a sua imagem e semelhança. Não criou ou robô. Deu-lhe livre arbítrio, portanto ele teria que ter alternativa de escolha, e lhe disse para não errar na escolha.

Dt. 30:19 O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,

8. Cite um texto bíblico que prove a queda do homem.

Gn. 3:6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.

9. Como você pode provar a natureza tríplice do homem biblicamente?

I Ts. 5:23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Hb. 4:12 Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

10. Quais são os termos que se aplicam ao corpo?

Casa ou Tabernáculo

2 Co. 5:1 Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.

Invólucro

Dn. 7:15 Quanto a mim, Daniel, o meu espírito foi abatido dentro do corpo, e as visões da minha cabeça me perturbavam.

Templo

1 Co. 3:16 Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?

1 Co. 6:19 Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?

11. O que é alma?

A alma é aquele principio inteligente e vivificante que anima o corpo humano, usando sentidos físicos como seus agentes na exploração das coisas materiais e os órgãos do corpo para se expressar e comunicar-se com o mundo exterior. E a sede das emoções, intelecto. Com ela nos relacionamos com os seres humanos.

12. O que é Corpo?

É a tenda na qual a alma do homem, qual peregrina, mora durante sua viagem do tempo para a eternidade. E a bainha da alma. A morte e o desembainhar a espada. Com ele nos contactamos com o material.

13. O que é Espírito?

Foi dado por Deus em forma individual, foi formado pelo criador na parte interna da natureza do homem, capaz de renovação e desenvolvimento. E o centro e a fonte da vida humana. Com ele nos relacionamos com Deus. A alma e o espírito do homem não se separam.

14. Que diferença existe entre a alma dos homens e dos animais?

A alma do homem o distingue dos irracionais. Os irracionais possuem alma, mas, é uma alma terrena que vive somente enquanto durar o corpo.

Ec. 3:21 Quem sabe se o espírito dos filhos dos homens vai para cima, e se o espírito dos animais desce para a terra?

Angelologia


1. Descreva a natureza dos anjos.

São criaturas, espíritos, imortais, numerosos, sem sexo.

2. Mencione as classes angelicais.

Querubins

2 Sm. 22:11 Montou num querubim, e voou; apareceu sobre as asas do vento.

Serafins

Is. 6:2 Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava.

Anjo do Senhor

Gn. 16:7 Então o anjo do Senhor, achando-a junto a uma fonte no deserto, a fonte que está no caminho de Sur,

Arcanjo Miguel

Jd. 1:9 Mas quando o arcanjo Miguel, discutindo com o Diabo, disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar contra ele juízo de maldição, mas disse: O Senhor te repreenda

Anjo Gabriel

Dn. 8:16 E ouvi uma voz de homem entre as margens do Ulai, a qual gritou, e disse: Gabriel, faze que este homem entenda a visão.

Lc. 1:16 E ouvi uma voz de homem entre as margens do Ulai, a qual gritou, e disse: Gabriel, faze que este homem entenda a visão.

3. Cite as características dos anjos.

Obedientes, reverentes, sábios, mansos, poderosos e santos.

4. O que fazem os anjos?

Agentes de Deus, mensageiros de Deus, servos de Deus.

5. Fale sobre a origem de Satanás.

Satanás era originalmente Lúcifer ``o que leva luz``, o mais glorioso dos anjos. Mas ele orgulhosamente aspirou ser como o Altíssimo e caiu em condenação e se tornou do Diabo.

Is. 14:12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!

6. Cite os principais títulos de Satanás.

Satanás – Adversário

1 Pe. 5:8 Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar;

Diabo – caluniador

Mt. 4:1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.

Destruidor – Apollyon no grego e Abaddon no hebraico.

1 Co. 10:10 E não murmureis, como alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor.

Serpente

Ap. 12:9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.

Tentador – Tentar ou testar

Mt. 4:3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.

Príncipe e deus deste mundo

2 Co. 4:4 nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

7. Qual a natureza e as atividades de Satanás?

Espírito mal. Martinho Lutero disse: ``O diabo é o contrafator de Deus``. Suas atividades são: matar, roubar e destruir. Desviar o homem de Deus e das suas promessas.

8. Qual o motivo da ação de Satanás contra o homem?

Ele aborrece a imagem de Deus em nós. Odeia até mesmo a natureza humana que possuímos com a qual se revestiu o filho de Deus. Ele odeia a glória eterna de Deus e os seus herdeiros.

9. Descreva, em resumo, a carreira de Satanás da sua origem ao seu fim.

Satanás era originalmente Lúcifer ``o que leva luz``, o mais glorioso dos anjos. Mas ele orgulhosamente aspirou ser como o Altíssimo e caiu na condenação do Diabo.

Daí em diante ele tentou o homem no Éden e continua tentando.

Opõe-se a tudo que é de Deus.

Seu fim é o lago de fogo que e a segunda morte.

10. Anjos decaídos e demônios é a mesma coisa?

Sim. Os anjos foram criados perfeitos e sem pecado, e como o homem, dotados de livre arbítrio. Seu pecado é o mesmo do seu guia, orgulho e rebelião.

Jd. 1:6 aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixou a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia,

11. Fale sobre a habitação de anjos decaídos.

Passam parte do tempo no inferno 2 Pe. 2:4, e parte no mundo, nos ares que nos rodeiam Jo. 12:31, 14:30.

12. De que maneira eles adquiriram poder sobre os homens?
Através do pecado.

13. E como pode ser quebrado este poder?

Através de arrependimento, confissão e o poder do Nome e do Sangue de Jesus derramado na cruz.

14. Os anjos decaídos podem ser salvos?

Não. Eles não são contemplados no plano da redenção. Eles já foram julgados.

Jd. 1:6 aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixou a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia,

2 Pe. 2:4 Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo;

15. Quais os efeitos da habitação deles em seres humanos?

Apresentam uma nova personalidade. Violência, ira, forca anormal, agressividade, voz diferente, a presença dos santos lhe incomoda, não quer ficar dentro da igreja, etc.

16. Pode o Espírito Santo e um demônio habitar numa mesma pessoa?
Não.

2 Co. 6:15 Que harmonia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o crente com o incrédulo?

17. A palavra Anjo significa:

No hebraico Malak; no grego Angelos. Que significa mensageiros.

18. Os anjos devem ser adorados?
Não.

Ap. 19:10 Então me lancei a seus pés para adorá-lo, mas ele me disse: Olha, não faças tal: sou conservo teu e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia.

19. Os anjos executarão o juízo de Deus?
Sim.

Mt. 13:41 Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a iniqüidade,

20. Os anjos são superiores aos homens?
Sim.

Hb. 2:7 Fizeste-o um pouco menor que os anjos, de glória e de honra o coroaste,

21. Os anjos foram criados por Deus?
Sim.

Cl. 1:16 porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele.

Bibliologia


1. O que é a Bíblia?

A Bíblia é a Palavra de Deus.

2. O que significa a palavra Bíblia?

No grego Byblos – Biblioteca, coleção de livros.

3. Quais as duas grandes partes da Bíblia?

Antigo Testamento e Novo Testamento

4. Quantos livros cada uma delas possui?

O AT possui 39 livros e o NT possui 27 livros.

5. Em quanto tempo aproximadamente a Bíblia foi escrita?

Cerca de 1600 anos

6. Quantos foram os seus autores?

Cerca de 40 autores.

7. Qual o seu autor?

O Espírito Santo de Deus.

2 Pe. 1:20 sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. 21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.

2 Tm. 3:16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;

8. Qual o tema central da Bíblia?

A redenção do homem.

Jo. 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

9. Qual o personagem principal da Bíblia?

Jesus Cristo.

Jo. 14:6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

Jo. 1:1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. 4 Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens;

10. Deus se revela através da Bíblia? Explique esta revelação.

Sim. Deus se revela através da pessoa de seu Filho, revela o seu caráter, sua personalidade, sua criação, sua sabedoria, seu amor, etc.

11. O que é inspiração bíblica?

É o ato de soprar no interior. É a influencia sobrenatural do Espírito Santo na vida dos profetas, salmistas, apóstolos capacitando-os a receberem e transmitirem mensagens de Deus.

12. O que é Iluminação?

É a ação sobrenatural do Espírito Santo para trazer a luz o perfeito entendimento da palavra de Deus.

Sl. 119:105 Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.

13. O que é Revelação?

É o ato de descortinar. Mostrar aquilo que estava oculto.

14. Se a Bíblia é a palavra de Deus, como se explicam falas do Diabo, de Nabucodonosor e outros personagens controversos?

Os autores foram inspirados para narrar fatos relacionados com o Diabo. Não é o Diabo que foi inspirado.

15. Há um pensamento secular bem conhecido, que afirma que ``a Bíblia é a mãe de todas as heresias``, em face de todas as religiões e seitas dizerem-se fundamentadas na Bíblia. O que você responderia a alguém que lhe fizesse essa afirmação?

Eles usam textos isolados da Bíblia para fundamentarem suas teses.

16. Qual a origem do nome religião?

Religião vem da palavra latina ``ligare`` que significa ``ligar``. Religião representa as atividades que ``ligam`` o homem a Deus numa determinada relação.

17. Fale sobre a religião cristã e sua proposta para o homem.

Prover comunhão religiosa entre o homem e Deus, através da bíblia e do Senhor Jesus Cristo.

18. Em face das muitas religiões, inclusive muitas religiões que se dizem cristãs, qual delas você admite como de fato cristã?

A evangélica. Porque prega e vive as verdades acerca de Deus, e tem a bíblia sagrada como única regra de fé e prática.

19. O que é o período interbiblico?

É um período de cerca de 400 anos, entre o final do AT e o inicio do NT, que o Espírito Santo não inspirou ninguém para escrever. Não que dizer propriamente que Deus não falou neste período. Também chamado de período de silêncio ou intertestamentário.

20. Em quais línguas foi escrita a Bíblia?

O AT no Hebraico e alguns textos em Aramaico. Dn. 2:4 até o capitulo 7.

O NT no Grego com algumas freses ou palavras no hebraico.

21. Que materiais foram utilizados para se escrever a Bíblia?

Papiro, Velo, Pergaminho.

22. Quais as subdivisões do AT?

Pentateuco – Gênesis, Êxodo, Levitico, Números e Deuteronômio.

Livros históricos – Josué, Juizes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester.

Livros poéticos – Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares.

Profetas maiores – Isaias, Jeremias, Lamentações, Ezequiel e Daniel.

Profetas menores – Oséias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

23. Quais as subdivisões do NT?

Evangelhos – Mateus, Marcos, Lucas e João.

Histórico – Atos dos Apóstolos

Cartas Paulinas – Romanos, 1 e 2 Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1 e 2 de Tessalonicenses, 1 e 2 Timóteo, Tito e Filemom.

Cartas Gerais – Hebreus, Tiago, 1 e 2 Pedro, 1, 2 e 3 João e Judas.

Profético – Apocalipse.

24. Você acredita que a Bíblia é infalível?

Sim.

Is. 40:8 Seca-se a erva, e murcha a flor; mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.

Mt. 24:35 Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão.

Ap. 22:6 E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. 7 Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

25. O que você entende por livro apócrifo? Cite alguns deles.

Falso, suspeito, não inspirado. Eclesiástico, Sabedoria, 1 e 2 Macabeus, Judite, Tobias, Baruque. Foram inscritos no período interbiblico.

26. Que fatos importantes ocorreram no período intertestamentário?

 Alexandre, o Grande, governa a Palestina: domínio macedônio. 333 a 323 a.C.

 Domínio dos ptolomeus sobre a Palestina: 323 a 198 a.C.

 Domínio dos selêucidas sobre a Palestina: 198 a 166 a.C.

 Revolução de Judas Macabeus e domínio da sua família e seus descendentes, os asmoneus, sobre a Palestina: 166 a 63 a.C.

 Conquista de Jerusalém por Pompeu, general romano, anexando a Palestina ao Império Romano: 63 a.C.

 Reinado de Herodes, o Grande, sobre a Palestina, por nomeação de Roma: 37 a.C. a 4 d.C.

 Neste período foram escritos os livros apócrifos.

27. Qual o maior livro da Bíblia?

O livro dos Salmos.

28. Qual o menor livro da Bíblia?

Obadias com 21 versículos.

29. Qual o maior versículo da Bíblia?

Et. 8:9

30. Qual o menor versículo da Bíblia?

Ex. 20:13 Não matarás.

31. Qual o maior capitulo da Bíblia?

Salmo 119.

32. Qual o menor capitulo da Bíblia?

Salmo 117

Cristologia


1. Fale sobre Cristo na eternidade.

Foi o primogênito de toda criação, primogênito dos mortos.

Cl. 1:15 o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; 18 também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência,

Ele é o Verbo “Haja”.

Gn. 1:3 Disse Deus: haja luz. E houve luz.

Um animal sacrificado tipificando Cristo. Sangue foi derramado.

Gn. 3:21 E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu.

Este lhe ferirá a cabeça.

Gn. 3:15 Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.

O Verbo se fez carne.

Jo. 1:1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

2. Mostre no AT a pessoa de Cristo e a preparação histórica para a Sua vinda.

Is. 9:1 Mas para a que estava aflita não haverá escuridão. Nos primeiros tempos, ele envileceu a terra de Zebulom, e a terra de Naftali; mas nos últimos tempos fará glorioso o caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios. 2 O povo que andava em trevas viu uma grande luz; e sobre os que habitavam na terra de profunda escuridão resplandeceu a luz. 6 Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz.

Is. 7:14 Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.

Is. 53:4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

Is. 61:1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

2 a apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes; 3 a ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê uma grinalda em vez de cinzas, óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado.

Mq. 5:2 Mas tu, Belém Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Judá, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.

3. Que relação existe entre a nação israelita e a encarnação de Cristo?

Jesus nasceu em Belém da Judéia, ou seja, em Israel

Lc. 2:4 Subiu também José, da Galiléia, da cidade de Nazaré, à cidade de Davi, chamada Belém, porque era da casa e família de Davi, 6 Enquanto estavam ali, chegou o tempo em que ela havia de dar à luz, 7 e teve a seu filho primogênito; envolveu-o em faixas e o deitou em uma manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

Lá Ele foi crucificado

Lc. 23:33 Quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram, a ele e também aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.

Ressuscitou dentre os mortos

Lc. 24:6 Ele não está aqui, mas ressurgiu. Lembrai-vos de como vos falou, estando ainda na Galiléia.

Assentar-se-á no trono de Davi em Jerusalém e reinará no milênio com os seus santos

Lc. 1:32 Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai; 33 e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.

4. Quais as naturezas de Cristo? Fale sobre ambas.

Humana - Ele herdou a natureza humana de sua mãe. Jesus era 100% homem.

Divina – Ele é 100% Deus. Tem os atributos naturais e morais de Deus.

5. Prove biblicamente a deidade de Cristo.

Recebeu adoração

Mt. 9:18 Enquanto ainda lhes dizia essas coisas, eis que chegou um chefe da sinagoga e o adorou, dizendo: Minha filha acaba de falecer; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá.

Mc. 5:6 Vendo, pois, de longe a Jesus, correu e adorou-o;

Perdoou pecados

Mt. 9:2 E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Jesus, pois, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: Tem ânimo, filho; perdoados são os teus pecados.

Lc. 5:20 E vendo-lhes a fé, disse ele: Homem, são-te perdoados os teus pecados.

6. Prove biblicamente a humanidade de Cristo.

Chorou

Jo. 11:35 Jesus chorou.

Teve fome

Mt. 4:2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.

Cansou-se

Jo. 4:6 achava-se ali o poço de Jacó. Jesus, pois, cansado da viagem, sentou-se assim junto do poço; era cerca da hora sexta.

Dormiu

Mt. 8:24 E eis que se levantou no mar tão grande tempestade que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo.

Sentiu agonia, suou e sangrou

Lc. 22:44 E, posto em agonia, orava mais intensamente; e o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que caíam sobre o chão.

Teve sede

Jo. 4:7 Veio uma mulher de Samária tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.

7. O que Cristo herdou de sua mãe?

A natureza humana. A sua família.

8. Cristo poderia pecar? Fale sobre isto biblicamente.

Sim. Ele poderia pecar, mas não pecou. Só um cordeiro sem mácula poderia ser sacrificado na cruz pelos pecados de toda a humanidade.

Hb. 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

9. Dê o significado dos nomes do Unigênito Filho de Deus.

Jesus – Salvador

Mt. 1:21 ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

Cristo – É a forma grega da palavra hebraica “Messias” que literalmente significa “O Ungido”.

Jo. 1:41 Ele achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Havemos achado o Messias (que, traduzido, quer dizer Cristo).

Senhor – Titulo de reverência. Mostra sua Soberania, deidade e exaltação.

At. 2:36 Saiba pois com certeza toda a casa de Israel que a esse mesmo Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo.

Mestre – Aquele daquele que educa, ensina ou doutrina.

Mt. 19:16 E eis que se aproximou dele um jovem, e lhe disse: Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?

Emanuel – Deus conosco

Mt. 1:23 Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.

Verbo – Ele é a Palavra viva e encarnada em ação. Preexistência e atividades eternas.

Jo. 1:1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

Títulos e seus significados:

Filho de Davi – Mostra sua linhagem real.

Mt. 9:27 Partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, que clamavam, dizendo: Tem compaixão de nós, Filho de Davi.

Filho de Deus – Mostra sua deidade

Mt. 4:3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.

Filho do homem – Mostra sua humanidade.

Mt. 8:20 Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.

Ele se auto-intitulou: Eu sou...

O Pão da Vida – Aquele que alimenta corpo, alma e espírito.

Jo. 6:35 Declarou-lhes Jesus. Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim, de modo algum terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede.

A Porta – Que dá escape. Segurança. Dá acesso ao céu.

Jo. 10:9 Eu sou a porta; se alguém entrar a casa; o filho fica entrará e sairá, e achará pastagens.

A Ressurreição e a Vida – Que faz reviver. Que dá vida eterna.

Jo. 11:25 Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá;

O Caminho, a Verdade e a Vida – Uma saída para quem está perdido.

Jo. 14:6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

O Bom Pastor – Aquele que dá a vida pelas ovelhas. Que não e mercenário.

Jo. 10:11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.

A Videira Verdadeira – Quem está Nele dá muito fruto. Multiplicação.

Jo. 15:1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o viticultor.

O Alfa e o Omega – Mostra sua eternidade e infinitude.

Ap. 1:8 Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.

10. Quais os ofícios de Cristo?
Profeta, Sacerdote e Rei.

11. Fale sobre o seu oficio profético biblicamente.

Jo. 4:19 Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.

12. Fale sobre o seu oficio sacerdotal biblicamente.

Hb. 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

13. Fale sobre o seu oficio de rei biblicamente.
O s profetas o anunciaram como Rei

Zc. 9:9 Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei; ele é justo e traz a salvação; ele é humilde e vem montado sobre um jumento, sobre um jumentinho, filho de jumenta.

Ele se auto declarou

Mt. 5:35 nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei;

Os discípulos o reconheciam como Rei

Lc. 19:37 Quando já ia chegando à descida do Monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, regozijando-se, começou a louvar a Deus em alta voz, por todos os milagres que tinha visto, 38 dizendo: Bendito o Rei que vem em nome do Senhor; paz no céu, e glória nas alturas.

Os magos o reconheceram como Rei

Mt. 2:2 Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo.

Estava escrito na cruz

Jo. 19:19 E Pilatos escreveu também um título, e o colocou sobre a cruz; e nele estava escrito: JESUS O NAZARENO, O REI DOS JUDEUS.

14. O reinado de Cristo já alcançou a sua plenitude?
Não. Embora Jesus tenha dito na cruz ``tudo está consumado``, Ele ainda voltará no milênio para reinar. Ai então Ele será reconhecido como ``Rei dos reis e Senhor dos senhores``. Do ponto de vista espiritual, Seu reinado só alcançará sua plenitude quando Ele estiver com os seus santos na glória.

Eclesiologia


1. O que é uma igreja militante?
É a igreja que milita. Evangeliza, prega, adora e aguarda a vinda do Senhor. Aqueles que trabalham para anunciar o reino de Deus.

2. O que você entende por uma igreja local?
É a reunião dos crentes de uma cidade, região ou de um determinado local.

3. O que é a igreja invisível?
É o trigo. Os salvos que estão na igreja militante que não sabemos quem são.

4. O que é a igreja visível?
É o trigo e o joio. A igreja reunida que vemos militando ou não.

5. O que é a igreja triunfante?
São os salvos que já estão no seio de Abraão aguardando julgamento.

6. Quais são as três formas de Batismo? Explique cada uma delas.
Imersão – É o ato de mergulhar todo o corpo do batizando em água parada ou corrente.

Aspersão – É o ato de derramar três porções de água sobre a cabeça da pessoa. Esta forma é antibiblica.

Efusão – É a vapor. Pacientes em estado final de saúde, etc. Também antibiblica.

7. Quais são as formulas de batismos praticados hoje?
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo em água viva corrente ou em outra água; se não tiver nem uma nem outra, derrama três porções de água sobre a cabeça do batizando, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

8. Qual o modo de batismo praticado na igreja batista?
O Batismo por imersão, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

9. Qual a relação entre o batismo e as doutrinas básicas da salvação? É realmente essencial?
As pessoas são batizadas não para serem salvas, mas, porque já são salvas. É uma ordenança, mas não salva. É a demonstração exterior da fé interior do batizando.

10. O que é a Ceia do Senhor? E qual o seu lugar na doutrina da salvação?
É uma ordenança instituída pelo Senhor na véspera da sua morte expiatória. É um ato de fé e obediência, mas que não tem poder para salvar. É um memorial.

11. Qual o tipo de governo praticado pelas igrejas batistas?
Do ponto de vista físico é democrático. Do ponto de vista espiritual é Teocrático.

12. Quais são os ofícios ou ordenanças dentro de uma igreja Batista?
O Batismo, a Ceia do Senhor, Culto Fúnebre, Casamento, Consagração de Lideres.

13. Fale sobre a origem e o sentido do termo ``Igreja``.
No grego EKKLESIA – uma assembléia de chamados para fora. Aplica-se ao corpo de cristãos de uma cidade At. 11:22; de uma Congregação 1 Co. 14:19; da terra Ef. 5:32.

14. Faca uma relação entre o Reino, com a Igreja e com Israel.
A Igreja nasceu em Israel, e se expandiu por todo o mundo com a finalidade de chamar para fora do mundo e introduzir no Reino de Deus todos aqueles que crêem no Senhor Jesus.

15. Cite figuras de linguagem no NT para ilustrar a Igreja.
O corpo de Cristo, O templo de Deus e A noiva de Cristo.

16. Em relação a Jesus, o que e ser o Cabeça da Igreja?
A igreja é dele. Ele é o seu mentor e criador. Assim como Cristo foi ungido no Jordão, a igreja foi ungida no Pentecostes. Jesus andou pregando o evangelho e a igreja sempre tem seguido suas pisadas. Tal qual o Senhor ressuscitou a igreja ressuscitará. Cl. 1:24; 1 Jo. 4:17

17. Em que consiste a obra da igreja?
Pregar a salvação. Prover meios de adoração. Prover comunhão religiosa e Sustentar uma norma de conduta moral.

18. Quando nasceu ou se formou a Igreja? Explique do ponto de vista do plano de Deus e do ponto de vista histórico.
Israel e descrito como uma Igreja no sentido de ser uma nação chamada dentre as outras nações a ser um povo de servos de Deus. At. 7:38

Do ponto de vista histórico foi no dia de Pentecostes quando foi consagrada pela unção do Espírito e edificada sobre o fundamento dos apóstolos. Ef. 2:20

19. Como se da o sustento da Igreja?
Através de dízimos, ofertas e doações.

20. Cite palavras que descrevem os convertidos na Bíblia.
Irmãos

Mt. 23:8 Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi; porque um só é o vosso Mestre, e todos vós sois irmãos.

Crentes

At. 5:14 e cada vez mais se agregavam crentes ao Senhor em grande número tanto de homens como de mulheres;

Eleitos

Mc. 13:20 Se o Senhor não abreviasse aqueles dias, ninguém se salvaria mas ele, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias.

Santos

At. 9:32 E aconteceu que, passando Pedro por toda parte, veio também aos santos que habitavam em Lida.

Discípulos

Mt. 5:32 E aconteceu que, passando Pedro por toda parte, veio também aos santos que habitavam em Lida.

Cristãos

At. 11:26 e tendo-o achado, o levou para Antioquia. E durante um ano inteiro reuniram-se naquela igreja e instruíram muita gente; e em Antioquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos.

Os do Caminho

At. 9:2 e pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, caso encontrasse alguns do Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.

21. O que quer dizer Eclesiologia?
O estudo acerca da Igreja.

Escatologia


1. Fale sobre a morte física no conceito bíblico.
Dá-se no momento em que a alma e o espírito do homem se afasta do corpo.

2. Fale sobre a morte espiritual no conceito bíblico.
Dá-se quando o homem está afastado de Deus vivendo em pecado, não nasceu de novo.

3. Fale sobre a morte eterna no conceito bíblico.
Dá-se quando o homem que está afastado de Deus vivendo em pecado morre fisicamente.

4. O homem e um ser imortal e eterno?
No que diz respeito à parte imaterial, alma e espírito, sim. Após a morte física ou arrebatamento viverá eternamente com Cristo ou sem Cristo.

5. Pode o homem voltar à existência?
Não.

Ec. 9:5 Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a sua memória ficou entregue ao esquecimento. 6 Tanto o seu amor como o seu ódio e a sua inveja já pereceram; nem têm eles daí em diante parte para sempre em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.

6. O que e vida eterna?
É a vida com Cristo após a morte física.

7. O crente tem vida eterna? Explique.

Sim. A Bíblia garante que todos que morreram em Cristo tem a vida eterna.

Mt. 19:29 E todo o que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.

8. Fale sobre o estado intermediário para os justos e para os ímpios.

É o estado entre a morte física e o julgamento. Os justos já estarão com Cristo e os ímpios em tormentos.

Lc. 16:25 Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que em tua vida recebeste os teus bens, e Lázaro de igual modo os males; agora, porém, ele aqui é consolado, e tu atormentado.

9. Refute a eficácia do purgatório ou da segunda prova para o homem.

Ec. 9:4 Ora, para aquele que está na companhia dos vivos há esperança; porque melhor é o cão vivo do que o leão morto. 5 Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a sua memória ficou entregue ao esquecimento. 6 Tanto o seu amor como o seu ódio e a sua inveja já pereceram; nem têm eles daí em diante parte para sempre em coisa alguma do que se faz debaixo do sol. 10 Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Seol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.

10. Refute a tese espírita da reencarnação como meio de justificação.

Is. 26:14 Os falecidos não tornarão a viver; os mortos não ressuscitarão; por isso os visitaste e destruíste, e fizeste perecer toda a sua memória.

11. Qual a importância da ressurreição na doutrina cristã?

12. O que caracteriza o corpo ressurreto?
Será incorruptível, imortal, santo, puro, espiritual.

I Co. 15:53 Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.

13. Cite ensinos do Novo Testamento e do Velho Testamento acerca da vida eterna.

14. Descreva o céu e suas bênçãos.

15. Onde estão os crentes que morreram?
Com Cristo.

Lc. 23:43 Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.

16. Fale sobre a vinda de Cristo:

 O tempo: na hora que ninguém esperar.
 O modo:
 Os efeitos sobre a Igreja: os salvos serão arrebatados.
 Israel: O anticristo se assentará no trono de Davi.
 O mundo: Muitos acidentes, desespero, começa o governo do anticristo por sete anos.

17. O que é milênio e qual sua posição?

Hamartiologia


1. O que é pecado?

É errar o alvo. Divida – Mt. 6:12, Desordem – 1 Jo. 3:4, Desobediência – Hb. 2:2, Transgressão – Rm. 4:15, Queda – Ef. 1:7, Derrota Rm. 11:12, Impiedade – Rm. 1:18.

2. Onde se originou o pecado?

Do ponto de vista espiritual – No céu. Is. 14:12-15; Ez. 28:13-17

Do ponto de vista terreno – No Edem Gn. 2:16-17; 3:1; 3:6

3. Fale sobre o pecado como uma realidade universal.

Rm. 3:23; 5:17-19 Somos descendência de Adão e por causa do pecado original também herdamos sua natureza pecaminosa.

4. Apresente os resultados da queda nos reinos vegetal e animal, para Adão e Eva em particular, e para a raça humana em geral.

Reinos vegetal e animal – Gn. 3:14-15 A serpente se tornou uma ameaça para o homem. Gn. 3:17 maldita é a terra, produzira cardos e abrolhos.

Adão e Eva – Gn. 3:7 perceberam que estavam nus. Gn. 3:8 esconderam-se de Deus. Gn. 3:10 teve medo. Gn. 3:12 a mulher que me deste (astúcia). Gn. 3:13 a serpente me enganou. Gn. 3:19 do suor do teu rosto comeras o teu pão. Gn. 3:23 foi expulso do jardim.

Raça humana em geral – Por causa do pecado original, herdamos a natureza pecaminosa de adão. Rm. 3:23; 5:17-19. Maldição hereditária, Ex. 20:5.

5. Fale sobre o pecado como um ato e um estado.

O estado - em que se encontra todo homem pela conseqüência do pecado de Adão. Rm. 3:23 todos precisam de arrependimento e conversão.

A ato - é o pecado praticado por cada um de nos, que não deve ser uma pratica natural e sim como um acidente.

6. Fale sobre os efeitos do pecado no intelecto, na vontade e nas emoções do homem.

Intelecto – Deus criou o homem muito inteligente Gn. 1:26 (dominai) Gn. 2:19-20 deu nome a todos os animais.

Vontade – Hoje o homem é dominado pelos vícios, pela carne, etc. Gn. 1:26; Rm. 7:15

Emoções – O homem se tornou violente, maltrata e oprime o seu semelhante. Gn. 4:8; 6:11

7. Comente sobre as conseqüências finais do pecado na vida humana.

É a segunda morte. Mt. 25:41; Rm. 6:23 o salário do pecado é a morte.

8. Qual a sua base bíblica para provar que o pecado de Adão foi imputado aos seus descendentes?

Rm. 3:23; 5:17-19

9. O castigo trazido pelo pecado tem dimensões presentes e futuras? Como você explica esta questão biblicamente?

Ex. 20:5 Maldição hereditária. Rm. 6:23 o salário do pecado é a morte.

Pecado - 2 Sm. 11:4-5 Davi adulterou e Bate-Seba concebeu. 2 Sm. 11:24 comete homicídio.

Conseqüências - 2 Sm. 12:19 o filho de Bate-Seba morre. 13:1 O incesto de Amnom com Tamar filha de Davi. 13:23 Absalão filho de Davi mata Amnom. 16:5 Davi é amaldiçoado por Simei. 16-20 Absalão adultera com as concubinas de Davi. 17:27 Davi entra em guerra contra Absalão e seu filho morre.

10. Qual o propósito do castigo por causa do pecado?
Para que o homem reflita nos seus erros e se arrependa 1 Sm. 6:6. Para que se cumpra toda justiça Dt. 28:1-2; 28:15. Para que o homem saiba que ele depende de Deus. Sl. 32

Pneumatologia


1. O Espírito Santo é uma pessoa? Prove.
Sim.

Examina os corações, tem vontade e intercede.

Rm. 8:27 E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.

Lava, regenera e renova

Tt. 3:5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,

Consola

Jo. 14:16 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre.

Fala

Ap. 2:7 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus.

Habita conosco, está em nós

Jo. 14:17 a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós.

Guia, fala e sabe do futuro

Jo. 16:13 Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.

Clama

Gl. 4:6 E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.

Sabe das coisas de Deus

1 Co. 2:10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.

Testifica

Jo. 14:26 Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.

Querer, repartir

1 Co. 12:11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer.

Intercede

Rm. 8:26 Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

Ama

Rm. 15:30 Rogo-vos, irmãos, por nosso Senhor Jesus Cristo e pelo amor do Espírito, que luteis juntamente comigo nas vossas orações por mim a Deus,

Entristece

Ef. 4:30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.

2. Cite alguns nomes dados ao Espírito Santo na Bíblia.

Espírito de Deus

Mt. 12:28 Mas, se é pelo Espírito de Deus que eu expulso os demônios, logo é chegado a vós o reino de Deus.

Espírito de Cristo

Rm. 8:9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.

O Consolador

Jo. 14:16 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre.

Espírito Santo

Jo. 14:26 Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.

Espírito da Verdade

Jo. 14:17 a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós.

Espírito da Graça

Hb. 10:29 de quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça?

Espírito da Vida

Rm. 8:2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.

3. Fale sobre a divindade do Espírito Santo.

Cremos na deidade do Espírito Santo pelas coisas que ele opera, como: Onisciente e Onipresente

Sl. 139:7 Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença?

8 Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também. 9 Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, 10 ainda ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.

Criou o homem

Jó. 33:4 O Espírito de Deus me fez, e o sopro do Todo-Poderoso me dá vida.

Santifica e justifica

1 Co. 6:11 E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.

Distribui dons

1 Co. 12:11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer.

Revela coisas ocultas

1 Co. 2:10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.

4. Fale sobre a participação do Espírito Santo na Trindade.

Teve sua presença ativa na criação

Gn. 1:2 A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.

Gerou a Jesus

Mt. 1:20 E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo;

Jesus batiza no Espírito Santo

Mt. 3:11 Eu, na verdade, vos batizo em água, na base do arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, que nem sou digno de levar-lhe as alparcas; ele vos batizará no Espírito Santo, e em fogo.

Ressuscitou a Jesus

Rm. 8:11 E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

5. Quais os símbolos do Espírito Santo?

Fogo

Is. 4:4 Quando o Senhor tiver lavado a imundícia das filhas de Sião, e tiver limpado o sangue de Jerusalém do meio dela com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor.

Selo

Ef. 1:13 no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa,

Vento

Ez. 37:9 Então ele me disse: Profetiza ao fôlego da vida, profetiza, ó filho do homem, e dize ao fôlego da vida: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó fôlego da vida, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.

Água

1 Co. 6:11 E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.

Azeite

Is. 61:1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de
prisão aos presos;

Pomba

Mt. 3:16 Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele;

6. Qual a relação do Espírito Santo com o Universo Material?

Cria, sustenta e governa de todas as coisas.

7. Qual a função do Espírito Santo com relação ao homem no AT e no NT?

No AT, o Espírito Santo vinha sobre o homem para realizar tarefas especificas como acontecia na vida dos profetas, reis, sacerdotes, e se afastava novamente.

Jz. 6:34 Mas o Espírito do Senhor apoderou-se de Gideão; e tocando ele a trombeta, os abiezritas se ajuntaram após ele.

No NT, a palavra de Deus diz que ele habita em nós.

1 Co. 3:16 Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?

8. Fale sobre a relação do Espírito Santo com a pessoa de Jesus e seu ministério terreno.

O Espírito Santo também é chamado de Espírito de Cristo

Rm. 8:9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.

Jesus foi concebido pelo Espírito Santo

Mt. 1:20 E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo;

Batismo - Foi ungido pelo Espírito Santo

Mt. 3:11 Eu, na verdade, vos batizo em água, na base do arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, que nem sou digno de levar-lhe as alparcas; ele vos batizará no Espírito Santo, e em fogo.

Ministério – Foi levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado e o ajudou a vencer a tentação.

Mt. 4:1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.

Ressuscitou a Jesus

Rm. 8:11 E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

9. Fale da relação do Espírito Santo com a Igreja.

Atuou no nascimento da igreja, no dia de pentecostes capacitando de forma sobrenatural aos apóstolos e continua capacitando a seus servos para que a igreja continue a fazer a obra do Senhor. Ele intercede, guia e convence o homem do pecado, da justiça e do juízo.

At. 2:1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. 2 De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.

10. Fale sobre o batismo no Espírito Santo.

É um revestimento de poder sobrenatural para testemunhar as maravilhas de Deus.

At. 1:8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Jesus é quem batiza com o Espírito Santo.

Mc. 1:8 Eu vos batizei em água; ele, porém, vos batizará no Espírito Santo.

O Espírito Santo reparte os dons conforme sua vontade.

1 Co. 12:11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer.

11. Fale sobre os dons e o fruto do Espírito Santo.

São nove dons

1 Co. 12:8 Palavra de conhecimento, palavra de sabedoria, fé, interpretação de línguas estranhas, dons de curar, operação de milagres, falar em outras línguas, profecia, discernimento de espíritos, variedade de línguas.

O fruto do Espírito

Gl. 5:22-23 suas características são: paz, bondade, domínio próprio, mansidão, amor, alegria, longanimidade, benignidade, fidelidade.

Soteriologia


1. Defina o termo salvação.
É o ato de colocar a vida do homem em harmonia com Deus. Absolvição divina.

2. Quais os três aspectos da salvação?
Justificação, regeneração (e adoção) e santificação.

3. Fale sobre justificação.
A palavra ``justificar`` é o termo judicial que significa absolver, tornar justo ou pronunciar sentença de aceitação. É o estado de aceitação para o qual se entra pela fé.

4. Fale sobre regeneração (e adoção).
Regeneração: A alma morta em transgressões e ofensas, precisa duma nova vida, sendo esta concedida por um ato divino de regeneração.

Adoção: A pessoa torna-se herdeira de Deus e membro de sua família.

5. Fale sobre santificação.
Essa palavra relaciona-se com o culto a Deus. Harmonizadas suas relações com a Lei de Deus e tendo recebido uma nova vida a pessoa dessa hora em diante dedica-se ao serviço de Deus..

6. Fale de salvação como um ato e um processo.
Ato - Se o homem ``crer no seu coração e confessar com a sua boca a Jesus como Senhor e Salvador de sua vida será salvo``. Rm. 10:9-10

Processo - ``aquele que perseverar ate o fim será salvo``. Mt. 10:22 Depois que o homem confessar ele deve ter uma vida em santificação na presença do Senhor.

7. Quais as condições básicas para a salvação?
Arrependimento e fé. O batismo nas águas é mencionado como símbolo exterior da fé interior do convertido. Mc. 16:16; At. 2:38, 3:19, 16:31, 22:16.

8. Diferencie e estabeleça a diferença entre justificação, regeneração e santificação.
Justificação – O homem culpado e condenado, perante Deus, é absolvido e declarado justo.

Regeneração – A alma morta no pecado, recebe uma nova vida, concedida por um ato divino.

Santificação – É o ato de viver em harmonia com a Lei de Deus.

9. Qual a base da justificação?
Deus é o Juiz. Cristo é o Advogado. O pecado é a transgressão da lei. A expiação é a satisfação da lei.

10. Regeneração seria uma reforma pessoal?
Não. É um ato divino. É renovação de vida. É ser nascido de novo. É crucificação e mortificação da velha natureza que se opõe ao aparecimento da nova natureza.

11. A salvação é objetiva ou subjetiva?
É tanto objetiva (externa) como subjetiva (interna). O aspecto externo é provido pela obra expiatória de Cristo. E o aspecto interno é a operação do Espírito Santo dentro do homem.

12. O que é conversão e como se processa?
É abandonar o pecado e aproximar-se de Deus. Ao tomar conhecimento da vontade de Deus para sua vida, ela se processa na personalidade do homem: intelecto, emoções e vontade.

13. Qual a diferença entre justificação e perdão?
A justificação inclui mais do que perdão dos pecados e remoção da condenação, pois no ato da justificação, Deus coloca o ofensor na posição de justo. O passado do pecador é apagado e esquecido.
O perdão é apenas a desobrigação de pagar a divida.

14. Qual a relação existente entre a graça e a justificação?
A graça é a fonte da justificação. Graça é o mesmo que favor ou disposição bondosa da parte de Deus. Favor não merecido. Não podemos recompensar-lhe ou pagar-lhe pela nossa justificação.

15. É justo perdoar o pecador?
Sim. Ate setenta vezes sete vezes, se necessário for. Isso não quer dizer que estamos de acordo com o seu erro. O pecador deve ser confrontado e punido, se necessário.

16. O que é estar sob a lei e estar sob a oração?
Estar sob a Lei: é procurar viver em total obediência a Lei de Deus. os cinco primeiros livros da Bíblia, o Pentateuco.

Estar sob oração: é ser alvo da oração de alguém, ou da sua própria oração. É ter cobertura espiritual. Alguém intercedendo diante de Deus por você.

17. Estabeleça a relação entre fé e obras.
As nossas obras (externas) de justiça respaldam a nossa fé interior. A fé sem as obras é morta.

18. Fale sobre a santificação como um ato e um processo.
O pecador é santificado no ato da conversão, por isso ele já está salvo. Mas, ele precisa continuar se santificando até o ultimo dia de sua vida para não perder a sua salvação.

19. Qual o método bíblico para a santificação?
Através do Sangue de Cristo, a Palavra de Deus e a ação do Espírito Santo.

20. Em que sentido o crente pode ser perfeito?

21. Pode uma pessoa salva que tenha desviado se salvar novamente?

22. O que é predestinação?

Segundo Calvino, Deus predestinou uns para serem salvos e outros para serem perdidos. A salvação é inteiramente de Deus, o homem absolutamente nada tem a ver com isso. Essa doutrina afirma que ``uma vez salvo, sempre salvo`.

23. O que é livre arbítrio?
É a capacidade de escolha dada ao homem para que ele decida acerca do rumo de sua vida, tanto material quanto espiritual. Dt. 30

24. Como opera o livre arbítrio na salvação do homem?
O homem pode escolher aceitar a graça de Deus, ou pode resistir-lhe e rejeitá-la. Seu direito de livre arbítrio sempre permanece.

25. Demonstre biblicamente como pode o crente decair da graça.

II Pe. 2:20 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. 21 Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. 22 Deste modo sobreveio-lhes o que diz este provérbio verdadeiro; Volta o cão ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal.

Lc. 11:24 Ora, havendo o espírito imundo saindo do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso; e não o encontrando, diz: Voltarei para minha casa, donde saí. 25 E chegando, acha-a varrida e adornada. 26 Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro.

26. Quando foi lançado o plano de expiação na terra?

27. Quais as idéias fundamentais dos sacrifícios desde a antiguidade?

28. Quais os sacrifícios oferecidos pelos israelitas e com que propósito?

29. Estabeleça a ligação desses sacrifícios com a pessoa de Cristo.

Teologia


1. No sentido etimológico, que significa a palavra ``Teologia``?
A palavra Teologia vem de duas palavras gregas: théos (Deus) e logos (palavra, assunto, tratado).

2. O que é Teologia?
É a ciência que estuda acerca de Deus e das suas relações com o universo por Ele criado..

3. Como ela se divide?
Exegética: Vem da palavra grega que significa ``sacar`` ou ``extrair`` o verdadeiro significado das escrituras.

Dogmática: É o estudo das verdades fundamentais da fé como se nos apresentam nos credos da igreja.

Bíblica: Traça o progresso da verdade através dos diversos livros da bíblia, e descreve a maneira de cada escritor apresentar as doutrinas importantes.

Histórica: Traça a historia do desenvolvimento da interpretação doutrinaria, e envolve o estudo da historia da igreja.

Sistemática: A matéria está agrupada em tópicos, segundo uma ordem definida. Ex: Doutrina de Cristo, Doutrina da Igreja, etc.

4. Quais são as fontes da Teologia?
O Universo, a Bíblia, e a Historia.

5. Quem é Deus?
Deus é Espírito Pessoal, perfeitamente bom, que em Seu santo amor, cria, sustenta e governa todas as coisas. O nome de Deus nas escrituras, representa seu caráter revelado.

6. Como você define a natureza de Deus.
Deus é Espírito Pessoal.

7. Fale sobre o caráter de Deus.
Deus é perfeitamente bom.

8. Qual a relação de Deus para com o universo?
Ele criou, sustenta e governa todas as coisas.

9. Fale sobre a existência de Deus.
Deus é auto-existente.

Hc. 1:12a Não és tu desde a eternidade, ó Senhor meu Deus, meu santo?...

Ap. 1:8 Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, ...

A Bíblia não tenta provar a existência de Deus mediante provas formais. Ela chama o homem a aventurar-se na fé.

Hb. 11:6b ...; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

E chama de louco aquele que não crê na sua existência.

Sl. 14:1a Diz o néscio no seu coração: Não há Deus....

10. Como se classificam os atributos de Deus?
Naturais ou incomunicáveis e Morais ou comunicáveis.

11. Como você entende os atributos naturais de Deus?
São atributos que só Deus tem. O que Deus é em si próprio. E que Ele se relaciona com o universo por Ele criado.

12. O que você entende por atributos morais de Deus?
São atributos que revelam o que Deus é em relação aos seres morais por Ele criados. Através deste, Ele se comunica com o homem.

13. Cite os atributos naturais ou incomunicáveis de Deus.
Onipotência, onipresença, onisciência, sabedoria e soberania.

14. Defina Onipresença.
O espaço material não o limita em ponto algum. É sua presença considerada em relação às criaturas.

Js. 2:11 Quando ouvimos isso, derreteram-se os nossos corações, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra.

At. 7:48 mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:

Sl. 139:7 Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença? 8 Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também. 9 Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, 10 ainda ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.

15. Defina onipotência.
Sua liberdade e poder para fazer tudo que estiver em harmonia com a sua natureza. Seu controle e sabedoria sobre tudo que existe ou que venha a existir

Gn. 18:14a Há, porventura, alguma coisa difícil ao Senhor?...

Dn. 3:17 Eis que o nosso Deus a quem nós servimos pode nos livrar da fornalha de fogo ardente; e ele nos livrará da tua mão, ó rei.

Gn. 1:1 No princípio criou Deus os céus e a terra.

Mt. 19:26 Jesus, fixando neles o olhar, respondeu: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.

16. Defina Onisciência.
Conhece todas as coisas. O conhecimento de Deus é perfeito. Ele conhece o passado, o presente e o futuro sem precisar pesquisá-los ou aprender.

Sl. 139:1 Senhor, tu me sondas, e me conheces. 2 Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. 3 Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. 4 Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces.

II Tm. 2:19 Todavia o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os seus, e: Aparte-se da injustiça todo aquele que profere o nome do Senhor.

Lc. 16:15 E ele lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.

17. Fale sobre a sabedoria de Deus.
Deus é sábio. A sabedoria de Deus reúne a sua onisciência e sua onipotência.

Pv. 3:19 O Senhor pela sabedoria fundou a terra; pelo entendimento estabeleceu o céu.

Sl. 104:24 ó Senhor, quão multiformes são as tuas obras! Todas elas as fizeste com sabedoria; a terra está cheia das tuas riquezas.

Rm. 11:33 ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! 34 Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor? ou quem se fez seu conselheiro?

18. Fale sobre a soberania de Deus.
Deus é soberano. Ele tem o direito absoluto de governar suas criaturas e delas dispor como lhe apraz.

1 Sm. 2:7 O Senhor empobrece e enriquece; abate e também exalta.

19. Cite os atributos morais ou comunicáveis de Deus.
Santidade, justiça, fidelidade, misericórdia, amor e bondade.

20. Fale sobre a santidade de Deus.
Deus é santo. Significa a sal absoluta pureza moral, Ele não pode pecar nem tolerar o pecado.

Sl. 99:5 Exaltai o Senhor nosso Deus, e prostrai-vos diante do escabelo de seus pés; porque ele é santo.

1 Pe. 1:15 mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento;

21. Fale sobre a justiça de Deus.
Deus é justo. A justiça é a santidade de Deus em ação no tratar retamente com suas criaturas.

Sl. 1:3 Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará. 4 Não são assim os ímpios, mas são semelhantes à moinha que o vento espalha. 5 Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos; 6 porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína.

Dt. 28:1 Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra;
2 e todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, se ouvires a voz do Senhor teu Deus:
15 Se, porém, não ouvires a voz do Senhor teu Deus, se não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno, virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:

Nm. 14:18 O Senhor é tardio em irar-se, e grande em misericórdia; perdoa a iniqüidade e a transgressão; ao culpado não tem por inocente, mas visita a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e a quarta geração.

22. Fale sobre a fidelidade de Deus.
Deus é fiel. Ele é absolutamente digno de confiança. As suas palavras não falharão jamais.

23. Fale sobre a misericórdia de Deus.
Deus é misericordioso. A misericórdia é a divina bondade em ação, com respeito aos pecados de suas criaturas. Favor imerecido.

Sl. 9:6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Lm. 3:22 A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim;

24. Fale sobre o amor de Deus.

Deus é amor. Ele deseja uma relação pessoal com aqueles que possuem a sua imagem, em especial com aqueles que foram santificados em caráter, feitos semelhantes a Ele.

Jo. 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Rm. 5:8 Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.

25. Fale sobre a bondade de Deus.

Deus é bom. É o atributo em razão do qual Ele concede vida e outras bênçãos as suas criaturas.

Sl. 25:7 Não te lembres dos pecado da minha mocidade, nem das minhas transgressões; mas, segundo a tua misericórdia, lembra-te de mim, pela tua bondade, ó Senhor.

Sl. 31:19 Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual na presença dos filhos dos homens preparaste para aqueles que em ti se refugiam!

26. Quais os atributos não relacionados? (falam da natureza intima de Deus).

Espiritualidade: Deus é espírito com personalidade. Ele não está sujeito as limitações dos seres humanos dotados de corpo físico.

Jo. 4:24 Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

Infinitude: Deus é infinito, isto é, Ele não está sujeito às limitações naturais e humanas.

Ap. 1:8 Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.

Unidade: Deus é o Único Deus.

Dt. 6:4 Ouve, ó Israel; o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

27. Se Deus é espírito com personalidade, o que é uma pessoa?
É um ser que pensa, sente e fala, portanto pode ter comunhão direta com suas criaturas feitas a sua imagem.

28. Mostre em um trecho bíblico a Trindade no AT.

Gn. 1:1 No princípio criou Deus os céus e a terra. 2 A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. 3 Disse Deus: haja luz. E houve luz.

Jo. 1:1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus.

29. Mostre em um trecho bíblico a Trindade no NT.

Mt. 3:16 Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele; 17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

30. Cite cinco argumentos que provam a existência de Deus.
Cosmológico: O universo deve ter uma primeira causa ou um criador. Deriva da palavra grega ``cosmos`` , que significa ``mundo``.

Histórico: A historia humana da evidencias duma providencia que governa sobre tudo.

Teleológico: O desígnio evidente no universo aponta para uma Mente Suprema. De ``teleos``, que significa ``desígnio ou propósito``.

Antropológico: A natureza do homem, com seus impulsos e aspirações, assinala a existência de um Governador pessoal. Da palavra grega ``anthropos``, que significa ``homem``.

Crença Universal: Argumento do consenso comum ``fé``.

32. Identifique a personalidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo de forma separada na Bíblia.
- O Pai ama e envia o filho

Jo. 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

- O Filho veio do Pai e voltou para o Pai

Jo. 5:36 Mas o testemunho que eu tenho é maior do que o de João; porque as obras que o Pai me deu para realizar, as mesmas obras que faço dão testemunho de mim que o Pai me enviou.

Jo. 7:33 Disse, pois, Jesus: Ainda um pouco de tempo estou convosco, e depois vou para aquele que me enviou.

Jo. 14:12 Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai;

- O Pai e o Filho enviam o Espírito

Jo. 14:26 Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.

Jo. 15:26 Quando vier o Ajudador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que do Pai procede, esse dará testemunho de mim;

33. Qual é o nome de Deus?
Elohim – Deus. Gn. 1:1 Deus Criador
Jeová – Senhor. Tem sua origem no verbo SER nos tempos passado, presente e futuro. O nome significa que Ele era, que é, e que há de vir.
El – Deus
Adonai – Senhor ou Mestre. Is. 10:16 Da a idéia de domínio, governo.
Pai – At. 17:28 Revela Deus como fonte de todas as coisas e criador do homem.

34. Cite sete nomes que manifestam a ação de Deus.
EL-ELYON – Gn. 14:18-20 Deus altísimo. Sobre todos os deuses.
EL-SHADDAI – Ex. 6:3 Deus suficiente para as necessidades do seu povo.
EL-OLAM – Gn. 21:33 O eterno Deus.
JEOVA-RAFA – Ex. 15:26 O Senhor que cura.
JEOVA-NISSI – Ex. 17:8-15 O Senhor nossa Bandeira.
JEOVA-JIREH – Gn. 22:14 O Senhor que provê.
JEOVA-TSIDKENU – Jr. 23:6 O Senhor nossa justiça.
JEOVA-SHALOM – Jz. 6:24 O Senhor nossa paz.
JEOVA-RA`AH – Sl. 23:1 O Senhor meu pastor.
JEOVA-SHAMMAH – Ez. 48:35 O Senhor está ali.

35. O que você entende por Trindade e Triunidade de Deus?
- Trindade: As escrituras ensinam que Deus é Um, e que não há outro Deus.

- Triunidade: Os três cooperam unidos e num mesmo propósito, de maneira que no pleno sentido da palavra, são ``Um``. O Pai cria, o Filho redime e o Espírito Santo santifica.

- O Pai testificou do Filho

Mt. 3:17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

- O Filho testificou do Pai

Jo. 5:19 Disse-lhes, pois, Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho de si mesmo nada pode fazer, senão o que vir o Pai fazer; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente.

- O Filho testificou do Espírito Santo

Jo. 14:26 Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.

- O Espírito Santo testificou do Filho

Jo. 15:26 Quando vier o Ajudador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que do Pai procede, esse dará testemunho de mim;

36. Fale sobre as seguintes crenças errôneas:
- Agnosticismo: Nega a capacidade humana de conhecer a Deus. Não vê que há grande diferença entre conhecer a Deus no sentido absoluto e conhecer algumas coisas acerca de Deus. Deriva de duas palavras gregas que significam ``não saber``.

- Politeísmo: Culto de muitos deuses. Baseia-se ele de que o universo é governado não por uma forca só, mas sim por muitas. Deus da água, do fogo, das matas, etc.

- Panteísmo: Vem de duas palavras gregas que significam ``tudo é deus``. É o sistema de pensamento que identifica Deus com o universo.

- Materialismo: Nega qualquer distinção entre a mente e a matéria. Afirma que todas as manifestações da vida e da mente e todas as forças são simplesmente propriedades da matéria.

- Deísmo: Admite que haja um Deus pessoal, que criou o mundo, mas insiste em que, depois da criação, Deus o entregou para ser governado pelas leis naturais.